OPALA: PEDRA DO MÊS DE OUTUBRO

Atualizado em 01/10/2016
Por Raquel

OPALA: PEDRA DO MÊS DE OUTUBRO

Atualizado em 01/10/2016
Por Raquel
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Powered by Rock Convert

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

opal_andamookaA Opala é a pedra do mês de outubro, sabia? E que uma das suas principais jazidas se encontra no Brasil? Nesse post de hoje vamos falar sobre essa gema preciosa, que explode em cores por causa da sua composição físico-química. Quem nunca sentiu-se atraído pela iridescência da Opala?

Ela é única entre as gemas, apresentando um belo jogo de tonalidades: vermelho, amarelo, verde, azul e violeta são as cores que são reveladas por essa pedra, considerada pelos indianos uma transformação da Deusa do Arco-íris. Alguns de seus amantes são categóricos ao afirmar que a gema é a mais bela do mundo, depois da esmeralda.

Sua estrutura não-cristalina é o que rende a iridescência da Opala: pequenas esferas de silício com inclusões de água e gás fazem a luz refratar e refletir com suas nuances tão características. Dentre as suas diversas variedades mais belas estão a Andina, a Boulder e a Opala de Fogo.

No Brasil, a gema é encontrada no Piauí, no município de Pedro II. A pequena cidade já está no mapa da extração de pedras preciosas e semi-preciosas, já que produz uma das melhores variedades dessa gema. Só em 2015 a cidade arrecadou 3 milhões de reais, vendendo 400 quilos da joia.

captura_de_tela_2016-05-27_as_11-09-25-1

Powered by Rock Convert

Opalas extraídas no Brasil, no Piauí. 

Sabe-se que apenas a Austrália e o Brasil possuem Opala com qualidade suficiente para poder classificá-las como nobres, representando apenas 20% do mercado da gema. No nosso país, a primeira Opala apareceu em 1930, descoberta por um lavrador de mandioca, que ficou estupefato com a iridescência da pedra. Depois de levar o achado para Teresina, capital do Piauí, com o intuito de analisá-la, ficou comprovado que se tratava de uma pedra semipreciosa.

Os garimpeiros locais afirmam que é através da água que é possível distinguir uma Opala: ela não se mistura, mostrando sua qualidade e brilho. Claro que apenas o olhar atento de um profissional do garimpo poderá dizer se se trata de uma pedra verdadeira.

Abaixo, algumas celebridades usando a Opala, e você? Também curte?

bphillipsd558d120e29afa861687a8886e3b606d

download

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Powered by Rock Convert
Raquel, aqui no Blog.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: OPALA: PEDRA DO MÊS DE OUTUBRO.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tenha o total controle das informações do seu negócio, e conte com a nossa solução para crescer com você.
Share This